Buscar
  • Douglas Peternela

TEAM BUILDING é perda de tempo e dinheiro?

Atualizado: 5 de Set de 2019


Há pessoas que consideram que a iniciativa de treinamento conhecida como team building é perda de tempo e dinheiro, por proporcionar momentos de descontração, diversão e integração, mas pouco conteúdo, praticidade ou conexão com a realidade.

Depende. Há dois pontos que devem considerados, sobre os quais quero brevemente discorrer neste artigo.

O primeiro, é que deve haver um cuidado especial com as atividades que comporão a ação de team building. Podem ser lúdicas e divertidas, mas precisa haver uma amarração com a realidade dos participantes e finalidade do evento. Se forem apenas gostosas de fazer, perdem o caráter de treinamento, que deve ser atentamente preservado.

Quando um jogo ou outra atividade experiencial (que nem sempre é ao ar livre, como muitos parecem pensar quando ouvem o termo team building) é inteligentemente desenvolvido, permite que os participantes percebam uma clara relação com seu dia a dia, por vezes ainda durante sua aplicação. Se o programa é pensado para gerar insights e lições profissionais e pessoais, exorciza a famigerada ideia – a que particularmente tenho aversão – de que team building é só “oba-oba”.

O segundo ponto, é que se for tratado como uma iniciativa isolada, desconectada das necessidades e desafios da equipe no trabalho, não só um team building, como qualquer outro esforço de treinamento possivelmente terá êxito limitado. Pode parecer algo óbvio, mas a julgar pela maneira como a coisa acontece em muitas empresas, talvez não seja.

Entretanto, já vi clientes utilizarem a temática, inspiração e engajamento gerados por uma ação de team building, para iniciativas e campanhas que duraram um ano inteiro, junto a seus times. Inteligentemente, esses gestores quiseram fazer do evento de team building o estopim, o início de um programa de desenvolvimento continuado, em que conteúdos trabalhados no dia da ação foram depois aprofundados de forma sistematizada, envolvente e integrada aos desafios cotidianos.

Conduzi um programa de team building para o time do Centro de Serviços Compartilhados (CSC) de uma empresa, em São Paulo, cujo gestor, desde nosso primeiro contato, escolheu trabalhar dessa forma. Meses depois de a ação ter acontecido, voltei para uma reunião e constatei que o mesmo clima e empolgação continuavam presentes.

A temática de clãs escoceses, trazida pelo jogo que fizemos, estava ali, visível por toda a área. Tanto em camisetas que equipes voluntariamente quiseram fazer, quanto em pequenas bandeiras e faixas com o tartan – tradicional padrão de xadrez que caracteriza um clã – de cada equipe.

Metas relacionadas aos processos de cada setor foram criadas dentro de uma campanha que preservava, não apenas a identidade visual e o tema, como a inegável energia e inspiração criada pelo team building.

Semelhantemente, uma ação de team building pode ser elaborada para concluir, de forma envolvente e marcante, um programa que tenha sido conduzido ao longo de um período, consolidando e tornando tangíveis conceitos, além de fortalecer o sentimento de time.

Planejamento conjunto, integrado e com foco em resultados.

É possível e muito produtivo desenvolver, de forma conjunta com os responsáveis pelo evento, uma ação de team building que propague seu impacto e poder transformador para muito além do dia de sua realização.

Iniciativas complementares como treinamentos pontuais, pocket palestras, webinars, gamification, microlearning e ações conduzidas por facilitadores internos (para citar apenas algumas) podem ser criadas, com muito sucesso, todas inspiradas a partir desse tipo de evento.

Assim, um team building pode ser um investimento muito eficaz, que gera resultados tangíveis e cria engajamento de forma incomparavelmente mais marcante do que outras iniciativas não experienciais. Basta ser inteligentemente planejado e construído para isso.

Se você trabalha em uma empresa e quer que seu próximo team building tenha essa relevância, entre em contato. É assim que trabalhamos, na Flamma Treinamentos Criativos e terei prazer em ajudar sua equipe a desenvolver um programa integrado, com foco em resultados e ótima relação custo-benefício.

Douglas Peternela

Fundador da Flamma Treinamentos Criativos

douglas@flammatreinamentos.com.br


© 2019    Douglas Peternela. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade.  Termos de Uso.

  • White Facebook Icon
  • YouTube - White Circle